CidadeEstradasMinas GeraisObras

PROPRIETÁRIO DA MINERADORA PRESTA ESCLARECIMENTOS A DEPUTADOS

O presidente da mineradora ZMM, Roberto Emil, esteve na Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) para prestar esclarecimentos aos membros da Comissão Pró-Ferrovias Mineiras, representada pelos deputados Roberto Andrade (relator) e João Leite (presidente), sobre a retirada de trilhos da linha férrea que passa pela microrregião de Viçosa. A reunião ocorreu nesta terça-feira (9).

No último dia 4, uma operação policial esteve no local para apurar uma denúncia de que a empresa teria retirado parte do patrimônio público ferroviário, o que motivou a ida de membros da Comissão a Teixeiras. Na ocasião, foi constatado que cerca de seis metros da antiga Estrada de Ferro Leopoldina, no trecho entre Ponte Nova e Viçosa, foi removido pela Prefeitura de Teixeiras, sem a participação da mineradora, para abrir uma estrada vicinal de acesso a Pedra do Anta.

O presidente da ZMM esclareceu que está em dia a documentação necessária para a plena operação e que a empresa adota o procedimento sem utilização de barragens. Segundo Roberto Emil, a ZMM gera 200 empregos diretos e 800 indiretos e tem a expectativa de, quando atingir a capacidade máxima de produção, gerará tributos na ordem de R$ 40 milhões por ano.

Ele também apresentou aos parlamentares cópia do licenciamento ambiental com parecer único, projeto estratégico na região de Teixeiras e mapa do trecho ferroviário e manifestou que apoia o restabelecimento da operação ferroviária da Estrada de Ferro Leopoldina.

O deputado Roberto Andrade não constatou nenhuma irregularidade por parte da empresa e disse que é favorável a investimentos na região que não acarretem prejuízos ao meio ambiente e aos moradores. “Nossa região carece de grandes investimentos. O poder público não pode inibir a geração de emprego e renda nos municípios, mas deve fiscalizar, com todo o rigor da lei, as grandes obras. É o que temos feito na Comissão Pró-Ferrovias, com resultados positivos para Minas Gerais”, explicou.

 

Etiquetas

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo
error: Content is protected !!
Fechar