Esportes

ATLETA DE ERVÁLIA É CONVOCADO PARA SELEÇÃO BRASILEIRA DE BASQUETE

O ervalense Daniel Duque Frederico, de 15 anos, foi convocado para a Seleção Brasileira de Basquete.

O garoto começou sua  trajetória há cerca de 3 anos, quando começou a praticar o basquete de forma informal em um time com cerca de 10 jovens em Ervália. O time era comandado por “Gulinha”, ex-jogador de basquete e bastante conhecido na cidade.

Com os treinos, Daniel e seu irmão Gino Duque Frederico (que tem 17 anos e também entrou para o time de basquete), começaram a se desenvolver e gostar mais do esporte.

Foi então que os dois jovens começaram a treinar para o JEMG, representando Ervália, quando em uma partida em Leopoldina, um jogador de basquete profissional e um árbitro que estavam assistindo o jogo, viram Daniel e Gino jogando e chamaram eles para fazer parte de um projeto chamado “Basquete Futuro” em Juiz de Fora, que é comandado por um ex jogador de basquetebol conhecido como “Marreco”.

Os dois irmãos foram aceitaram o desafio e foram participar do projeto. Contudo, eles contam que era muito difícil, porque saíam de Ervália todo sábado para jogar em Juiz de Fora, treinando no sábado e jogando no domingo.

Porém, um dia, os dois irmãos, que possuem cerca de 2 metros cada, estavam em casa conversando sobre a possibilidade de jogar em um bom time, quando então resolveram entrar no site do Minas Tênis Clube, e viram que iria abrir um teste para capturar talentos para o quadro da equipe no basquetebol.

Eles se inscreveram, e dentre os 200 meninos que fizeram o teste , só foram escolhidos os dois irmãos.

A partir disso Daniel vem se destacando no time que segue invicto, ganhando todos os torneios que eles participam, já levando pra casa torneios sul-americanos, metropolitano, mineiros, brasileiros e o Torneio de Brasília.

Daniel então, participou da pré-convocação, estava de stand-by, teve as indicações e depois o examinador confirmou a convocação dele para Seleção Brasileira.

Hoje, ele esta embarcando para Belém do Pará, onde eles vão disputar a Copa Americana, onde países de todo continente irão competir e concorrer aos 4 primeiros lugares que vão se credenciar para o campeonato mundial, ano que vem, sub-17, na Bulgária.

Seu irmão Gino, possui 17 anos, e joga na sub-17.  Ele está cotado para a próxima convocação em outubro para um outro evento.

 

Etiquetas

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
error: Content is protected !!
Fechar