CidadeDestaque da semanaSaúde & Bem Estar

101 CASOS DE DENGUE CONFIRMADOS EM VIÇOSA

Em uma semana os casos confirmados da dengue subiram de 73 para 101.

Viçosa já decretou estado de emergência. Em menos de uma semana, ou seja, do dia 30 de abril, até o dia 07 de maio, os casos registrados de dengue subiram de 73 para 101.

Segundo a Prefeitura Municipal de Viçosa, foram notificados até o momento 236 casos, dentre eles, 101 casos confirmados, 45 casos descartados e 90 que estão sob análise.

Além da dengue, outras doenças também transmitidas pelo Aedes Aegypti foram registradas em Viçosa, sendo um caso suspeito de zika vírus e oito casos notificados da febre chikungunya, sendo seis em investigação, um descartado e um confirmado de um pessoa que viajou a Itaperuna.

Minas Gerais

Vinte e cinco pessoas morreram de dengue em Minas Gerais este ano, de acordo com boletim divulgado nesta terça-feira (7) pela Secretaria de Estado de Saúde (SES). Já são 209.276 casos prováveis, um aumento de 43.423 registros em uma semana.

Os óbitos foram registrados em:

  • Betim (9)
  • Uberlândia (8)
  • Contagem (2)
  • Unaí (2)
  • Arcos (1)
  • Frutal (1)
  • Ibirité (1)
  • Paracatu (1)

Outros 82 casos estão em investigação.

Emergência

O governador Romeu Zema (Novo) decretou situação de emergência em saúde pública em parte do estado como medida para conter o avanço da dengue. O ato, que foi publicado no Diário Oficial de Minas Gerais, abrange o Centro, Noroeste, Norte, Oeste e Triângulo Mineiro.

Em relação à chikungunya, Minas Gerais registrou 1.587 casos prováveis da doença em 2019. Até o momento, não houve registro de óbitos suspeitos da doença.

Já em relação à zika, foram registrados 650 casos prováveis da doença em 2019, até o dia seis de maio.

Ações de combate

Em relação às ações para controle do mosquito transmissor, a SES informou que tem adotado uma série de medidas de apoio aos municípios que apresentam aumento no número de casos de dengue, zika e chikungunya.

Também foi publicada uma resolução com a aprovação de liberação de recurso financeiro de R$ 4,180 milhões para ações de enfrentamento da dengue nos 93 municípios com incidência alta ou muito alta da doença.

A cada 15 dias, até o dia 30 de junho, de acordo com a divulgação de um novo Boletim Epidemiológico de Monitoramento dos casos de Dengue, Chikungunya e Zika Vírus, os municípios com alta incidência irão contar com incentivo financeiro complementar, por meio de resolução específica.

Entre as demais medidas tomadas para diminuir o crescimento do número de casos no estado está a realização de uma força-tarefa, composta por agentes da Saúde Estadual e da Fundação Nacional de Saúde (Funasa) a 10 municípios com alta incidência de pessoas com dengue e alta infestação pelo mosquito.

Fonte: Folha da Mata e G1.

Etiquetas

Artigos relacionados

Verifique também

Fechar
Botão Voltar ao topo
error: Content is protected !!
Fechar